quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

É o quase, o que te machuca.


Existem dois caminhos a se escolher, ou você vive cada momento com toda a sua intensidade, ou você se fragmenta aleatóriamente. Você fez sua escolha, mesmo sem saber. Você se fragmentou o máximo que pode só pra não ter aquele privilégio indesejado de sentir... E de que adiantou?
Na sua vida nada é pleno. E em meio de tantas metades, você não consegue ficar inteira. Um pouco de ingenuidade misturada com o seu calmo desespero te deixaram assim: Tão cheia do temido quase.
O que quase aconteceu, não aconteceu e quem quase amou, não chegou a amar. 

4 comentários:

  1. Esse 'quase' mexe com a gente, não é?

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu blog, e to te seguindo!!
    Depois segue o meu lá também >> http://ihaveinmybag.blogspot.com/

    bj

    ResponderExcluir
  3. Lendo seu texto, o "quase" acabou me ajudando.
    Já que quase chorei.

    ResponderExcluir